Are you over 18?

By entering this site you agree to our Privacy Policy
To enter this website you must be of legal drinking age in your location.
Please confirm if you are of legal drinking age.

Fundada em 1994

O Sr. Amadeu Abílio Lopes foi o fundador da Quintas de Melgaço, compreendendo a importância da casta Alvarinho na região.

Quintas de Melgaço

Mais de que uma marca, a história de uma região.

A Quintas de Melgaço é um projeto único em Portugal. Os primeiros capítulos foram escritos por Amadeu Abílio Lopes, um filho da terra de espírito empreendedor que rumou ao Brasil, em meados do séc. XX, para crescer e se afirmar como empresário industrial de referência. O sucesso que viria a conhecer nunca o impediu de recordar a terra que o viu nascer, tendo voltado, anos mais tarde, para instalar os seus negócios no concelho de Melgaço e potenciar o crescimento da própria região.

Com uma visão arrojada e inovadora, desafiou centenas de pequenos e médios produtores vitivinícolas a juntarem forças e a trabalharem em conjunto para promover, em uníssono, o potencial dos vinhos da região e da casta Alvarinho, a base de todas as receitas. Nascia assim a sociedade da Quintas de Melgaço, constituída por mais de 500 membros acionistas. O projeto rapidamente ganhou escala e se tornou num importante motor de desenvolvimento para a comunidade e para a região de Melgaço, colocando-a no atlas mundial.

d

1990

Constituição da Quintas de Melgaço

Consituição das Quintas de melgaço

1994

Início da actividade da Quintas de Melgaço

O Sr. Amadeu Abílio Lopes foi o fundador, compreendendo a importância da casta Alvarinho na região.

d

1996

Doação de acções ao Município de Melgaço

Doação ao Município de Melgaço das acções do Fundador Amadeu Abílio Lopes de 68,8% do Capital Social.

1999

Lançamento do QM Espumante Reserva

Pensar em espumantes é pensar em celebração.

d

2014

Lançamento do QM Homenagem

Dedicatória ao fundador da empresa Amadeu Abílio Lopes.

2019

Rebranding da marca

Rebranding da imagem institucional da Quintas de Melgaço.